Autodisciplina começa com a capacidade de controlar seu comportamento. Isso significa motivar-se a fazer o que você precisa fazer e impedir-se de fazer coisas que são ruins para você. A “capacidade de controlar” é apenas o começo, porém, e a verdadeira disciplina é quando você treinou sua mente de forma a obter consistentemente o comportamento que deseja.

A disciplina pode parecer um problema de força de vontade. No entanto, isso implica apenas nos esforçar mais para fazer as coisas, mesmo quando nos sentimos miseráveis, ou lutar contra as tentações. É uma boa receita para o estresse e a decepção, mas existem maneiras melhores para uma vida disciplinada.

Dicas de autodisciplina

Você já ficou acordado a noite toda falando sobre algo interessante? Então você sabe que poder a mente tem sobre o corpo. O sono pode ser adiado quando somos motivados por uma discussão apaixonada, e não é preciso muita força de vontade para continuar fazendo algo quando você está gostando. Isso nos dá uma chave para a autodisciplina.

Tente desfrutar do que você está fazendo e ser energizado. Sua força de vontade sobe e desce com seus níveis de energia, então toque música enérgica, mova-se, ria e procure as partes interessantes de qualquer projeto em que você esteja trabalhando. Depois de identificar seus melhores impulsionadores e motivadores de energia, faça uma lista e treine seu cérebro para usá-los sempre que precisar de disciplina.

Torne as coisas mais fáceis para você. Se você se sente estressado quando pensa em fazer sua declaração de imposto de renda, por exemplo, não pense nisso! Basta colocar os formulários onde você pode trabalhar neles mais tarde. Mais tarde, faça apenas uma forma, e depois outra. Qualquer que seja a tarefa em mãos, você pode encontrar motivação suficiente para um pequeno passo. Comece a treinar sua mente para dar esse passo assim que pensar nele, e os próximos passos se tornarão mais fáceis.

Autodisciplina e autoconsciência

E se esse bolo chamar por você. Às vezes é difícil resistir à tentação, certo? Força de vontade é uma boa ideia, mas aqui está uma solução mais simples: pare de ficar na frente do bolo! É uma lição fácil de entender, então treine-se para aplicá-la habitualmente. Não guarde cerveja em casa se não quiser beber. Não vá sozinho ao bar se quiser manter um casamento fiel. Apenas fique longe de pessoas que te levam a problemas.

Disciplina não significa ser imune à tentação. Vá em frente e desenvolva a força de vontade para dizer não, se puder, mas por que não ter também a sabedoria para evitar a tentação? Saiba onde sua resistência está baixa e não se coloque nessas situações. Isso faz mais sentido do que travar batalhas inúteis consigo mesmo?

Lutar contra sentimentos é uma batalha perdida. É muito mais eficaz aprender sobre si mesmo. Como você está energizado e motivado? Onde estão seus pontos fortes e fracos? Aprenda sobre si mesmo e comece a usar o que aprendeu para tornar os comportamentos que deseja fáceis. Essa é a chave para a autodisciplina.

DEIXE UMA RESPOSTA