A educação experiencial é uma forma de aprendizado que pode ser usada com sucesso no ambiente de trabalho. Essa abordagem focada na vivência e na prática gera efeitos tanto para a organização quanto para os colaboradores.

O fato é que usar esse recurso pode modificar positivamente a sua carreira, dando um impulso que fará toda a diferença. Com isso, a consolidação dos conhecimentos desse jeito pode ser o que faltava para que você consiga atingir os resultados profissionais desejados.

Para entender melhor o impacto desse elemento, confira nesse artigo a atuação desse processo e veja como ele influencia sua carreira.

Aprofunda o nível de compreensão sobre conceitos importantes

Quando o aprendizado acontece de maneira estritamente teórica, existe um espaço vazio entre a teoria e a prática. Com isso, muitos dos elementos são tratados apenas superficialmente, o que evita que eles possam ser usados de forma complexa.

Já no caso da aprendizagem experiencial, isso é diferente. Graças à parte prática, é possível ter uma visão muito mais clara dos conceitos e, principalmente, ir mais fundo em seu entendimento.

Imagine, por exemplo, trabalhar na área comercial. Por melhor que seja um treinamento, ele não será totalmente aprofundado se apenas disser o que fazer para vender melhor. Por outro lado, se ele incluir simulações e partes práticas, é possível chegar a resultados muito melhores.

Para a sua carreira, isso garante que um entendimento melhor e diferenciado de conceitos relevantes, que serão utilizados no momento mais adequado.

É mais eficaz para a aprendizagem e absorção de conceitos

Outro fato importante é que o processo de ensino pode ser muito demorado, dependendo da complexidade e da extensão do assunto. Ensinar gestão estratégica de forma teórica, por exemplo, pode levar a uma abordagem que exige um grande tempo.

Por outro lado, o ciclo de aprendizagem vivencial tende a acontecer num período menor. Isso se dá, justamente, graças à integração entre teoria e prática. Como isso ocorre de maneira “automática”, menos tempo tem que ser investido para que os conceitos sejam compreendidos de um jeito completo.

A questão mais relevante para a sua carreira nesse sentido é que você ganha dinamismo e preparo. Como já não é necessário esperar tanto para ser um profissional melhor, você se tornará apto para aproveitar melhores oportunidades em uma janela temporal menor.

Também é lago que evita o desgaste excessivo, além de permitir que tenha acesso, rapidamente, a outras possibilidades de conhecimento.

Favorece o aprendizado em longo prazo

Não é incomum ver treinamentos organizacionais que parecem ser bem-sucedidos inicialmente, mas que falham em longo prazo. Isso se deve ao fato de que, por métodos tradicionais, é muito comum que os colaboradores esqueçam rapidamente o que foi ensinado.

Pontos estritamente teóricos são mais difíceis de memorizar e de serem incorporados. Como resultado, tendem a se perder ao longo do tempo, caso não sejam aplicados adequadamente.

Já no caso da aprendizagem vivencial, há um salto direto para a parte prática. Com isso, há maior penetração e perpetuação do conhecimento, favorecendo o aprendizado em longo prazo.

Além disso, como é baseada em vivências, o aprendizado experimental estimula a busca perene por conhecimento, o que favorece uma conquista continuada de educação. Com isso, grandes são as chances de que se mantenha sempre atualizado e em constante desenvolvimento.

Contribui para o desenvolvimento de habilidades secundárias

A execução de um ciclo de aprendizagem vivencial para melhorar a tomada de decisão, por exemplo, não estimulará apenas esse processo, especificamente. Como, normalmente, as vivências e seus debates acontecem em grupo, diversas habilidades secundárias são trabalhadas.

Esse aprendizado pode favorecer habilidades sociais, fortalecendo relacionamentos e melhorando a integração de equipes. Também estimula a comunicação, a oferta e recebimento de feedbacks e vários outros elementos relevantes.

Como consequência, a sua carreira fica favorecida porque todos esses pontos trazidos pela educação experiencial gerarão efeitos positivos na execução de tarefas.

Cria condições para a melhoria da performance no trabalho

Eventualmente, todo esse processo de aprender na prática gera impactos no jeito como as tarefas são executadas. É exatamente esse conjunto que permite que você consiga uma atuação mais consistente e otimizada nas suas funções do trabalho.

Como consequência, a sua performance tende a melhorar consideravelmente. A entrega de resultados fica ampla e melhor, gerando efeitos positivos e permitindo o desenvolvimento na carreira.

Um vendedor, por exemplo, conseguirá aumentar a sua taxa de conversões se passar por um processo de educação experiencial que mostre a ele exatamente o que fazer para vencer objeções.

Assim, bater metas e obter resultados diferenciados fica mais simples e tangível para uma grande gama de profissionais.

Amplia o engajamento e a motivação com atividades

Quando o desempenho é ampliado, é comum sentir-se mais satisfeito e motivado. Diante do feedback positivo e do reconhecimento, é muito provável que fique mais interessado e engajado nas atividades.

Tudo isso, portanto, pode ser um dos efeitos de um processo de aprendizado que utiliza a prática, principalmente. Com tudo mais dinâmico, os elementos ficam mais interessantes e a atuação sai favorecida.

Ainda que seja uma consequência subjetiva, a satisfação em executar as atividades do trabalho tende a aumentar, melhorando a sua percepção sobre a própria carreira.

Favorece o crescimento no ambiente corporativo

Em um mercado continuamente dinâmico e competitivo, manter-se atualizado é fundamental. Também é necessário reconhecer boas práticas recentes e otimizar a forma de trabalho, em busca de resultados melhores.

Como visto, o aprendizado experimental oferece exatamente isso, já que permite que você tenha acesso a novos conceitos de maneira aprofundada e permanente.

Com a ampliação da sua performance, esse tipo de educação pode levar a sua carreira para um nível diferente. Você se tornará capaz de assumir novas responsabilidades e gerar efeitos inéditos, aumentando a exposição a oportunidades diversificadas.

Sabendo usar esses pontos a seu favor, poderá galgar um caminho rumo a posições mais altas, segundo o plano de carreira, por exemplo.

A educação experiencial permite que você aprenda melhor, em menos tempo e de maneira contínua. Como resultado, a sua carreira poderá ser impulsionada rumo a novos desafios, responsabilidades e cargos melhores.

Qual é a sua opinião sobre essa abordagem? Conte nos comentários e participe!

DEIXE UMA RESPOSTA

*