A liderança é uma prática indispensável em qualquer organização, independentemente do seu tamanho ou setor. É somente com um líder resiliente que o negócio consegue caminhar e se manter no mercado, então sua execução não é uma opção.

Porém, alguns erros fazem com que as pessoas odeiem certos pontos sobre esse assunto. Como resultado, o desempenho da equipe pode ser prejudicado.

Pensando nisso, veja a seguir 5 coisas que as pessoas odeiam sobre liderança.

Confusão de liderança com autoritarismo

É muito comum que algumas atitudes identificadas como liderança não passem de mero autoritarismo. Gestores que se deixam levar pelo ego podem se tornar controladores e autoritários, gerando desmotivação e baixa na produtividade.

Como há essa confusão entre as atitudes, é comum que as pessoas odeiem essa sensação de verticalização e ordens injustificadas. Com cada vez mais jovens no mercado de trabalho, a repulsa por uma atitude desse tipo é cada vez maior.

Transferência de responsabilidades

Um líder tem que chamar para si as responsabilidades sobre o negócio. Se algo der errado, o líder deve agir para buscar soluções e aprendizado e não para apontar culpados. Esse tipo de atitude enfraquece a equipe e também a visão de liderança.

Por causa disso, essa falta de comprometimento e de assumir as responsabilidades é uma das situações que as pessoas odeiam sobre liderança incorreta. Como gera mais desconfiança, também prejudica os resultados da equipe como um todo.

Falta de visão holística do negócio

A liderança não pode ser feita pensando somente no presente ou em um setor do negócio. É preciso que ela tenha uma visão geral e integrada, que também é conhecida como visão holística.

A limitação da visão da liderança, por sua vez, é um dos aspectos que as pessoas odeiam sobre o ato de orientar pessoas. Isso desperdiça o potencial da empresa em se tornar cada vez melhor, além de diminuir o estímulo à colaboração.

Conflito entre teoria e prática

Outro papel da liderança consiste em engajar e motivar pessoas. É preciso inspirar os liderados para que eles se envolvam com as funções relativas ao negócio, mas palavras não são suficientes. Se o líder diz uma coisa, mas faz o oposto, liderar pelo exemplo se torna impossível.

Mais do que isso: o conflito entre teoria e prática é considerado negativo pelas pessoas, tornando-se um dos pontos que elas mais odeiam a esse respeito. Assim, é necessário agir de maneira consistente e coerente para que os resultados desejados sejam atingidos.

Despreparo para exercer a função

Porém, o que as pessoas mais odeiam sobre liderança é, sem dúvidas, o despreparo do profissional para exercer essa função. Quando as pessoas sentem que determinado líder não tem competência para desempenhar o papel, os fatores de autoridade e de admiração são prejudicados.

Caso o gestor esteja realmente despreparado, é ainda mais catastrófico, já que as chances de que algo dê errado se multiplicam. As coisas que as pessoas odeiam sobre liderança se relacionam, principalmente, à execução incorreta dessa habilidade. Com isso, são geradas questões como insegurança, desmotivação e falta de resultados, o que deve ser corrigido.

Dessa forma, nada melhor do que utilizar o conhecimento para contornar esses pontos. Para acertar em cheio, saiba mais sobre o curso de Liderança Positiva: Motivação e Trabalho em Equipe.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

*