A motivação é crucial para o desempenho do empreendimento. Um time com essa característica tem mais engajamento, melhor produtividade e ajuda o negócio a alcançar os resultados estratégicos. Antes de atingir tal performance, entretanto, é preciso reconhecer os sinais de uma equipe desmotivada.

Quando falta esse componente para o time, é comum que certos cenários se repitam. Saber identificá-los é determinante para agir no momento adequado e, assim, obter o melhor desempenho para o grupo.

Na sequência, veja 4 indícios que demonstram que uma equipe está desmotivada e aprenda a diagnosticar a situação.

1. Altas taxas de absenteísmo e rotatividade

O absenteísmo acontece quando os colaboradores faltam ao trabalho, de forma injustificada ou não. Atrasos, ausências e licenças entram nessa conta. Embora seja natural que as pessoas se ausentem em certas situações, um número elevado pode ter a ver com a falta de comprometimento e de motivação.

Se os colaboradores preferem ficar de fora do ambiente de trabalho, talvez estejam ocorrendo problemas quanto ao clima organizacional ou mesmo em relação à liderança.

Já a taxa de rotatividade tem a ver com a saída definitiva dos funcionários por meio do desligamento. Se o número é alto, significa que a equipe não consegue se entender da melhor maneira, o que acaba motivando a saída.

2. Perda de produtividade e prazos

A produtividade caiu nos últimos meses ou semanas? Então, esse é um dos indícios de uma equipe desmotivada. Afinal, quando as pessoas não se engajam, elas deixam de produzir da melhor maneira.

Isso vem na forma, por exemplo, de uma queda nas vendas, nos contatos ou nas ações desempenhadas. A diminuição de projetos finalizados também aponta para essa possibilidade indesejada.

Com a queda na produtividade, é comum sofrer com atrasos. Se há uma maior dificuldade em cumprir os prazos estabelecidos, então faltam gestão de tempo e motivação para o time.

3. Aumento nos conflitos entre funcionários

O clima organizacional corresponde à “atmosfera” do local de trabalho. A forma como ocorrem as relações interpessoais, por exemplo, é determinante para gerar motivação. Se o ambiente é ruim, as pessoas ficam desmotivadas.

No entanto, o interesse e engajamento baixos também podem originar prejuízos no clima organizacional. Desse modo, um aumento nos conflitos internos aponta para a possibilidade de haver problemas na comunicação, na integração e no engajamento.

4. Resistência às mudanças

Uma equipe desmotivada, normalmente, está em sua zona de conforto. A falta de desafios é uma das vilãs para a situação, já que a acomodação pode gerar a insatisfação devido à escassez de oportunidades de crescimento.

Como resultado, um time com essa característica tende a resistir às mudanças. As pessoas tentam boicotar ou se mostram contra atualizações, novas possibilidades e até treinamentos e capacitações. Diante de uma comunicação truncada, o líder tem mais dificuldade para implementar uma gestão de mudanças para que elas sejam mantidas ao longo do tempo.

Uma equipe desmotivada perde resultados e oportunidades para o empreendimento. Como ela sempre oferece sinais de que se encontra nessa situação, é fundamental ficar atento para agir e engajar novamente o capital humano da empresa.

Esse conhecimento foi útil? Compartilhe o post nas suas redes sociais e debata com os seus contatos sobre a desmotivação.

DEIXE UMA RESPOSTA

*