O plano de negócios é uma das partes mais importantes de um novo empreendimento, pois define como o negócio vai gerar lucro e se manter estável. Mas existem algumas armadilhas que podem prejudicar toda a operação e jogar todo o seu esforço por água abaixo. Veja, neste post, 5 erros em um plano de negócios que você não pode cometer e como evitar cada um deles:

Montar um plano de negócios inconsistente

Uma boa estratégia precisa levar em conta muitos fatores, como o mercado em que a empresa atuará, a maneira como os concorrentes agem e os possíveis obstáculos na hora de tornar o empreendimento viável. Montar uma estratégia que não observa algum desses aspectos é perigoso demais, visto que pode representar um cenário irreal do negócio e resultar em prejuízos.

Em vez disso, faça uma pesquisa cuidadosa sobre qualquer coisa que possa afetar diretamente o andamento do negócio e se certifique de incluir essas informações no plano de negócios, a fim de que ele esteja sólido e funcione como esperado.

Deixar o planejamento financeiro de lado

Não existe empresa sem lucro, e não existe lucro sem um planejamento financeiro adequado. Logo, é vital considerar essa premissa ao montar o seu plano de negócios. Caso contrário, a empresa corre o sério risco de afundar — mesmo com uma oportunidade real e um mercado amplo e pronto para ser explorado.

Por exemplo: não adianta criar uma projeção otimista baseada em altos investimentos com desenvolvimento e divulgação quando, na verdade, os únicos recursos disponíveis são para lançar uma versão inicial do produto, a verba de marketing é zero e não há pretensão de receber investimentos.

Ignorar a concorrência

Já falamos como o conhecimento sobre as ações da concorrência afeta a consistência do plano de negócios. Mas vale a pena ressaltar esse ponto, já que muitos fundadores pensam que não é saudável olhar para nada do que a concorrência faz.

Podemos dizer que essa é uma verdade distorcida: realmente não vale a pena estar sempre na sombra dos concorrentes, monitorando e imitando cada movimento deles. Contudo, ignorá-los por completo é um erro ainda maior, visto que é possível aprender muito com o que outros estão fazendo em nosso mercado de atuação — especialmente no que diz respeito a montar uma estratégia que funcione.

Não procurar por falhas no plano

Sabe aquela pessoa que não vai ao médico por medo de estar doente? Um empreendedor que não procura por falhas no plano de negócios age da mesma forma. Mesmo que já tenha feito o máximo para seguir todas as dicas que mencionamos acima, ainda assim pode ser que tenha se esquecido de um detalhe importante ou que algo tenha mudado.

Se não procurar, todo esse esforço pode ter sido jogado fora. Mas se procurar por falhas no plano, há apenas duas opções:

  1. você vai encontrá-las, corrigi-las e seguir em frente;
  2. a estratégia se mostrará completa e poderá ser colocada em prática imediatamente.

De qualquer modo, a empresa ganha.

Trabalhar com base em suposições

A intuição tem seu lugar nas decisões de qualquer pessoa de sucesso e, por vezes, verdadeiros marcos na indústria foram completamente contra a maré. Mas isso não tira a importância de trabalhar com base em dados e informações confiáveis — principalmente no momento de definir o modo como a empresa vai operar e ganhar dinheiro. Inovar é preciso, mas existem muitas formas de fazer isso sem deixar o futuro da companhia à própria sorte.

Definitivamente, há muitos erros em um plano de negócios que podem comprometer o sucesso da empresa. Assim, esse processo não deve ser considerado comum ou sem importância. Antes, vale a pena se certificar de que nenhuma das falhas que vimos sejam cometidas, a fim de se “blindar” contra as chances de o negócio dar errado.

Ricardo A. M. Barbosa é diretor executivo da Innovia Training & Consulting, professor de programas de pós-graduação em conceituadas instituições de ensino, Consultor em Gestão de Projetos há 15 anos e já atuou como executivo em grandes empresas como Ernst & Young Consulting; Wurth do Brasil; Unibanco; Daimler Chrysler.

E você, já montou um planejamento ou pensa em fazer isso em breve? Que precauções acha importante tomar para evitar erros em um plano de negócios? Conte para a gente nos comentários!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

*